sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

SOU UM CALEIDOSCÓPIO

As coisas que me invadem vão virando caleidoscópio. Movimentam-se gerando desenhos incríveis, coloridos, diversos. Nunca se repetem... São sempre um indo sem fim de combinações e formas. Assim também eu vou me tornando uma soma de tudo o que fui, sou e ainda serei!!!




"Sou o que lembro e também aquilo que esqueço; Sou a palavra que troco e os enganos que cometo, Sou os impulsos a que cedo, muitas vezes “sem querer".