sexta-feira, 29 de abril de 2011

A ARTE DE RELAXAR

Relaxar é mais do que livrar-se da tensão de um dia de trabalho, e é mais do que a ausência de "stress". É algo positivo e agradável. É uma sensação na qual se experimenta paz de espírito.

O relaxamento é uma técnica física que auxilia nos estados de estresse, tensão muscular, ou ainda como meio revigorante que atua beneficamente sobre sua saúde física, mental e emocional.

Fazer uma pausa no cotidiano e relaxar pode trazer mais benefícios do que imaginam as pessoas.

Como funciona

·          Numa primeira sessão (consulta) serão abordadas as razões que levam o paciente a procurar estas sessões, como forma de melhor delinear os tipos de relaxamento a usar.
·         Nas sessões seguintes, que serão em número a definir pelo paciente em conjunto com o psicólogo, serão usadas várias técnicas de relaxamento, em que o psicólogo irá dirigir o paciente.
·         Este será também estimulado a continuar a usar estas mesma técnicas fora das sessões, pelo que serão também explicados alguns cuidados importantes que devem ser tidos em conta para que o relaxamento possa dar-se da forma mais eficaz.

Efeitos do Relaxamento

 Economia de forças e energia para o funcionamento;
  • Volta do tônus muscular ideal;
  • Serenidade de ondas celebrais (alfa);
  • Equilíbrio metabólico (respiratório, circulatório);
  • Pressão arterial estabilizada;
  • Combate ao estresse;
  • Reeducação mental.
  
O bem estar trazido pelo relaxamento ocorre devido à contração dos diferentes sítios do corpo, que liberam as monoaminas, e em seguida, acontece a distensão dos mesmos, levando a produção de endorfinas, que trazem a sensação de prazer e relaxamento ao corpo.
Indicações

Para psicoterapia em geral.
Na medicina geral, nas suas especializações;

Na psiquiatria;
Na neurologia;
Indicado para crianças; 
Utilizada como profilaxia (forma de evitar doenças),
Na psicologia esportiva; 
Para relaxamento ou Treinamento Autógeno; 

O relaxamento autógeno de Shultz (1932) consiste de uma série de frases elaboradas com a finalidade de induzir no sujeito estados de relaxamento através de auto-sugestões sobre:

1. sensações de peso e calor em suas extremidades;
2. regulação das batidas de seu coração;
3. sensações de tranqüilidade e confiança em si mesmo;
4. concentração passiva em sua respiração.

 
Joselaine de Fátima G. Garcia
Psicóloga, CRP07/18433
Especializando em Docência Universitária
Consultório Psicológico em Cruz Alta/RS
Rua Barão do Rio Branco 1701, sala 101
Fone (55) 9167-7928

___________________________
Referências Bibliograficas:
SCHULTZ, Johannes Heinrich. O treinamento autógeno. São Paulo : Mestre Jou, 1950.
VERA, M. Nieves; VILA, Jaime. Técnicas de relaxamento. In: CABALLO, Vicente E. (Org.). Manual de técnicas de terapia e modificação do comportamento. 2. ed. São Paulo : Santos, 2002