quarta-feira, 13 de abril de 2011

BEIJOS, BEIJOS, E MAIS BEIJOS....


Pode ser aquele beijo molhadinho, suculento, demorado... ou, quem sabe, um beijo de esquimó ou aquele beijo de filme, de parar o trânsito!

Apaixonado, afetuoso, entre namorados, entre amigos, de mãe para filho, de bom dia, de despedida. Molhado, de língua, selinho, roubado. É bom de qualquer jeito.



O beijo....principal expressão de carinho, o beijo ativa a liberação de endorfina no cérebro, substância ligada às sensações de prazer, e pode combater até depressão.

Os lábios têm um enorme agrupamento de receptores sensoriais muito sensíveis à estimulação que evoca reações primais.

Quando intensos, cheios de afetos e atravessados pelos desejos, os beijos tendem aumentar a pulsação sanguínea e a pressão arterial, as pupilas se dilatam e a capacidade de pensar racionalmente é momentaneamente arrefecida, tornando a inibição mais tênue.

Pesquisas apontam que o grau de afinidade entre as bocas pode refletir o futuro dos relacionamentos, "O que ocorre durante um primeiro beijo pode ter um efeito profundo sobre o futuro do relacionamento", relataram os autores da pesquisa no artigo publicado na revista científica Evolutionary Psychology.


Ainda que por frações de minutos, o ato de beijar suspende o juízo de valor, ficamos encantados demais para nos incomodar com a prudência ou nos acanhar. "Talvez o Superego (instância psíquica proposta por Sigmund Freud, guardiã das normas e proibições que aprendemos e adotamos) seja solúvel em beijos..."


Através do beijo despertamos o desejo e estimulamos a libido tanto no parceiro quanto em nós mesmas. Um beijo bem dado é uma excelente preliminar e, se vier acompanhado de carícias, pode deixar tanto o homem quanto a mulher prontos para o ato sexual, por isso é uma poderosa arma de sedução.

No dia do beijo, faça jus à data e beije muuuito!!

Mil beijinhos para vc!



Joselaine de Fátima G. Garcia
Psicóloga, CRP07/18433
Especializando em Docência Universitária
Consultório Psicológico em Cruz Alta/RS
Rua Barão do Rio Branco 1701, sala 101
Fone (55) 9167-7928