quinta-feira, 1 de maio de 2014

A IMPORTÂNCIA DO EQUILÍBRIO PSICOLÓGICO NO AMBIENTE DE TRABALHO

Entrevista Psicóloga Joselaine Garcia
Jornal Diário Serrano - Cruz Alta RS
Assunto: Saúde Mental do trabalhador
Em 01 de maio de 2014
SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR:
             
 A importância do equilíbrio psicológico no ambiente de trabalho

O trabalho é lugar de realização, de identidade, valorização e reconhecimento, sendo a busca do prazer uma constante para todos os trabalhadores na direção de manter o seu equilíbrio psíquico, tendo o sofrimento um lugar que surge a partir das imposições que as condições externas às situações de trabalho impõem aos trabalhadores.

Segundo os pressupostos de Freud o trabalho é um dos caminhos para o investimento da pulsão por meio da sublimação, que mais aproxima o homem do seu desenvolvimento. O confronto com uma realidade restritiva é que mobiliza a não-gratificação dessa energia pulsional, gerando conflitos e causando sofrimento.

Psicóloga Joselaine Garcia
O Trabalho é instrumento de humanização do homem, momento mágico capaz de inventar e reinventar formas. Trabalho é mágico porque carrega em si a maldição da mercadoria, do capital, mas carrega de outro a realização, o crescimento humano.

No trabalho, existe prazer e sofrimento, o sofrimento do trabalho nasce das elaborações edificadas nas relações de trabalho, a partir da cultura das organizações e de seus colegas de trabalho, deste modo o sofrimento é uma reação, é estar num meio ambiente em que não esta confortável. A organização atual do trabalho, com jornadas excessivas, pressões por metas abusivas, assédio moral e ameaça de demissão podem ter um efeito extremamente prejudicial tanto para a empresa quanto para o trabalhador.

Os transtornos psicológicos já são a terceira maior causa dos afastamentos trabalhistas no Brasil e esses números só tendem a aumentar em empresas que deixam de lado o aspecto humano do seu colaborador. 

Essas situações adversas colaboram para o surgimento de sentimentos de angústia, desânimo, insegurança, baixa autoestima e desespero, caracterizando quadros ansiosos, depressivos, stress, etc, o que podem causar uma total desorganização no âmbito psicológico e físico, destarte o trabalhador, muitas vezes, acaba adoecendo e passa a apresentar, no trabalho, sintomatologias.

As manifestações corporais vão ocorrendo lentamente, mas a correria do dia a dia, muitas vezes, impede que a própria pessoa perceba com clareza o que está acontecendo com ela, mas de uma maneira geral a pessoa deve ficar alerta as manifestações físicas e psicológicas.

- No corpo poderá haver manifestações físicas de fundo psicossomático como: fadiga crônica, dores de cabeça freqüentes, insônia ou hipersonia, hipertensão arterial, desordens cardíacas e gastrintestinais, queda intensa de cabelo; nas mulheres alteração do ciclo menstrual, ganho ou perda de peso, respiração acelerada e fora do comum, vertigem, leve tontura, palpitação, falta de ar, dores no peito, dentre outros.

- Dentro dos sintomas psicológicos podemos mencionar: Desenvolvimento de atitudes negativas, de insensibilidade ou descontrole agressivo; Sensações emocionais desencorajadoras, como: falta de realização pessoal, tendência a desvalorizar  o próprio trabalho, sentimentos de vazio, esgotamento, impotência, baixa auto-estima; Irritabilidade freqüente, inquietude, dificuldade para a concentração, baixa tolerância a frustração, comportamento paranóide ou agressivo.

Quando as pessoas se sentem magoadas, com medo, pressionados, podem de forma inconsciente tornarem-se sabotadores, atuando das mais variadas formas, incluindo, o não cumprimento de prazos, tratar de maneira inadequada um cliente, etc, comportamentos estes, que acontecem inconscientemente, eles nem sempre percebem que estão tendo condutas prejudiciais para a produtividade e rendimento, tendo em vista que a grande parte das nossas ações processa-se de forma inconsciente.


Se as emoções negativas e disfuncionais não forem levadas em consideração, as organizações por certo vão ter perdas significativas em relação ao rendimento dos funcionários, assim como perdas relacionadas com os clientes, sucesso financeiro e marketing, destarte, o equilíbrio psicológico no ambiente de trabalho é basilar.

(Entrevista Psicóloga Joselaine Garcia, Jornal Diário Serrano - Cruz Alta RS, Assunto: Saúde Mental do trabalhador - Em 01 de maio de 2014)
JOSELAINE GARCIA
Psicóloga e Hipnóloga
CRP 07/18433 e SIAHC 1488
Pós Graduada em Docência Universitária
Hipnóloga credenciada ao Instituto Brasileiro de Hipnologia e
Membro da Sociedade Ibero-Americana de Hipnose Condicionativa
Consultório Psicológico em Cruz Alta - RS

_______________________

Prêmios recebidos em 2013
* Psicóloga Destaque Mercosul, Prêmio Master Mercosul 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2013, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas

Prêmios recebidos em 2012
Psicóloga Destaque Nacional, Prêmio Master Nacional Integrado 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Consultório de Psicologia destaque na Região Sul do Brasil(RS, PR, SC), Prêmio Master Sul Brasil 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Consultório de Psicologia destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Psicóloga Destaque Estadual 2012, Troféu Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas.
Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da empresa Ouro Pesquisa e Publicidade.

Prêmios recebidos em 2011
Psicóloga Destaque Municipal 2011, no município de Cruz Alta/RS, conforme pesquisa da Empresa Sul Pesquisas.