sexta-feira, 23 de maio de 2014

SINDROME DO NINHO VAZIO (SNV)

Psicóloga Joselaine Garcia




Matéria escrita para a Revista DS do Jornal Diário Serrano 

(especial do dia das mães) - ed. do dia 11 de maio de 2014 
Assunto: Síndrome do Ninho Vazio (SNV)



No inicio, a mãe renuncia suas próprias necessidades em favor do filho, com o passar do tempo, os filhos vão crescendo, tornando-se independentes, enfim, o tempo passou, os filhos cresceram, foram viver suas próprias vidas e o ninho ficou vazio!

Quando os filhos saem de casa para constituir família, trabalhar, estudar, ou em casos de morte, o que fica para alguns pais é a solidão. A Síndrome passa a existir quando a pessoa é tomada por um vazio e a sensação de perda de algo ou alguém que envolvia grande investimento emocional e pessoal. As mulheres são comumente as mais afetadas.

A historia da saída dos filhos de casa para estudo, constituir famílias e trabalhar se repete em muitos lares, esse é o rumo natural da vida, mas, mesmo sabendo disso, é difícil superar a falta, a situação gera um “carrossel de emoções”, não sabemos se comemoramos a nova liberdade ou se choramos pela sensação de vazio e a temida solidão.

Perante essa situação, a resposta emocional de cada pessoa é diferente, essa singularidade tem a ver com a sua história e fatores atuais de sua vida. Em algumas pessoas a dor, é tanta que são invadidos por uma tristeza e a depressão pode ser uma das conseqüências.

Freqüentemente, este drama interno acontece, porque os filhos passam a ser a principal razão de sua vida e quando se deparam com a saída do filho de casa, se deparam com seu próprio vazio.

A intensidade do sentimento de perda depende ainda de outros fatores, dentre eles o motivo da saída do filho da casa dos pais. Se a separação for por bons motivos, como estudo, casamento, ou morar sozinho, desde que os pais compartilhem do processo, tudo é mais tranqüilo. Mas se for por causa de morte ou brigas, o sentimento de dor dura mais e pode ser bem mais intenso.

Os sintomas da SNV são o humor depressivo, desânimo, ansiedade, sensação de vazio, alteração de sono, choro fácil, irritabilidade, dentre outros. Fique atento a estes sintomas, caso persista por muito tempo não hesite em buscar ajuda de um profissional.

É importante saber que a Síndrome do Ninho Vazio, muitas vezes, passa à medida que vai se organizando uma nova ordem familiar. É preciso procurar novas alternativas como: cursos, viagens, programas, tire o foco da ausência do filho, faça coisas que lhe deem prazer, comece a reestruturar a vida nesse novo momento. 


Cabe salientar, ainda, que a saída do filho de casa, na maioria das vezes, se a separação for por bons motivos, significa que os pais foram bem sucedidos e merecem parabéns? Sim, parabéns por ter criado o seu filho(a) de modo que ele(a) seja capaz de ser dono de si e da sua própria vida, pois eles se tornaram auto-suficiente e independente.

JOSELAINE GARCIA
Psicóloga e Hipnóloga
CRP 07/18433 e SIAHC 1488
Pós Graduada em Docência Universitária
Hipnóloga credenciada ao Instituto Brasileiro de Hipnologia e
Membro da Sociedade Ibero-Americana de Hipnose Condicionativa
Consultório Psicológico em Cruz Alta - RS

_______________________

Prêmios recebidos em 2013
* Psicóloga Destaque Mercosul, Prêmio Master Mercosul 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2013, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas

Prêmios recebidos em 2012
Psicóloga Destaque Nacional, Prêmio Master Nacional Integrado 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Consultório de Psicologia destaque na Região Sul do Brasil(RS, PR, SC), Prêmio Master Sul Brasil 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Consultório de Psicologia destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Psicóloga Destaque Estadual 2012, Troféu Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas.
Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da empresa Ouro Pesquisa e Publicidade.

Prêmios recebidos em 2011
Psicóloga Destaque Municipal 2011, no município de Cruz Alta/RS, conforme pesquisa da Empresa Sul Pesquisas.