terça-feira, 22 de março de 2016

SOBREVIVENDO AO FIM DE UM RELACIONAMENTO

Terminar um relacionamento é sempre doloroso. Mesmo que seja uma opção sua, uma decisão pensada, o sofrimento é inevitável.

A forma como lidamos com o fim de um relacionamento varia de pessoa pra pessoa, QUEM É EMOCIONALMENTE DEPENDENTE DO AMOR E DA ATENÇÃO DO OUTRO SOFRERÁ A SEPARAÇÃO DE FORMA MUITO MAIS DOLOROSA.

A ruptura do laço amoroso provoca sofrimentos que se assemelham ao dilaceramento da própria alma. O sistema psíquico entra em uma espécie de “curto-circuito”, instaurando um enorme luto. Esse sofrimento necessita de um tempo para ser assimilado, entendido e vencido, para que o indivíduo se reconstrua emocional e psicologicamente, porém não deve ser tornar eterno.

PARA SUPERAR A FASE DOLOROSA E DIFÍCIL É FUNDAMENTAL:
  1. Contar com uma rede de apoio formada por familiares e amigos
  2. Ter uma atividade como um trabalho, mesmo voluntário,
  3. Ter um hobby  
  4. Não ficar em casa, sentindo pena de si mesmo
  5. Retomar amizades, aceitar convites para sair e viajar
  6. Cuidar da autoestima
  7. Nos horários que costumava ter contato com a pessoa busque fazer algo que lhe de prazer, que tire seu foco da pessoa


EVITE:
  • Seguir o ex nas redes sociais
  • Buscar notícias através de conhecidos em comum
  • Forçar uma reaproximação.


É importante, resistir a essas tentações mais comuns e que provocam muita angústia e alimentam os pensamentos negativos

CRESCENDO COM A CRISE

Qualquer situação de crise existencial pode e deve ser usada para se repensar a vida, esse momento pode ser uma oportunidade para:
  • Se conhecer melhor,
  • Refletir sobre o que aconteceu,
  • Festejar os acertos e não repetir os erros.


FIQUE ATENTO(A): Nem todos os casos são superados de forma tranquila, se a pessoa está muito fragilizada, presa num ciclo de raiva e amargura desmedidas, sente dificuldade de juntar os cacos, e não tem energia para nada, busque ajuda de um profissional Psicólogo, pois é preciso ficar atento para os primeiros sinais de que a tristeza esteja se tornando depressão.  

Joselaine Garcia
Psicóloga Clínica
Formação em Hipnose Condicionativa
Formação em Hipnoterapia  cognitiva
Especialista em Docência Universitária

Membro do Latin American Quality Institute
Psicóloga premiada Internacionalmente 

Rua Barão do Rio Branco 1701, sala 101 -  Fone : 55.9167-7928
CRUZ ALTA RS,