domingo, 7 de agosto de 2011

CASAMENTO "MORNO"!!!!!!!!!!!!!



ü  Dra. Gostaria de saber quando você acha que um casamento acaba? Até quando insistir?
ü  Dra. Como saber quando é hora de partir pra outra, hora de ficar sozinha ou hora de insistir na relação?
ü  Dra. quando apostar numa relação?
ü  Dra. meu casamento tá muiiiito morno
ü  Dra. Como medir para saber se vale a pena continuar?
ü  Dra. Meu marido acha que tá tudo bem, por mais que eu tente mostrar que pra mim não tá.
ü  Dra. Ele é muito bom para mim, para as crianças, mas o sentimento não é mais o mesmo.
ü  Dra. Me sinto muito sozinha no meu casamento.

QUANTAS VEZES VOCÊ JÁ SE FEZ ESSES QUESTIONAMENTOS?
PERGUNTAS CORRIQUEIRAS NO CONSULTÓRIO!!!!

Essas e outras dúvidas relacionadas são corriqueiras no setting, ou seja, no consultório psicológico

DÚVIDA CRUEL NÃO? 


                                                          SEPARAR 

OU
                                                                CONTINUAR .......   
Enfim chegou a hora, de incluir que o matrimônio é um cálculo e tal como orçamos para casar, fazemos cálculo parecido para sua dissolução.

Porém quando as pessoas casam, não sobrevém ao plano da consciência que estão fazendo uma conta de somar e diminuir.

Você deve estar pensando, nossa que frieza, ela deve ser mal amada, minha amiga, meu amigo, infelizmente muitas vezes precisamos refletir, ver para além do olhar, e só se percebe isso quando se pensa em separação...nesta hora....Quando pensam na separação, a matemática do amor eclode claramente.

Também chegou a hora de você reconhecer que o amor não é tudo! Especialmente o amor no casamento.

Com o passar dos anos todo sentimento se transforma. Algumas vezes, este novo “sentir”, cria uma nova forma de relação e a convívio prossegue

Costumo dizer que a união entre duas pessoas é um cálculo em que o amor é apenas uma parte desta união. Outros personagens adentram na cena, ou seja, vários fatores pesam muito, dentre eles: Filhos, conforto, mudança de endereço, dinheiro, prestígio, partilha de bens, degaste na justiça, brigas com a família, etc.

Quantas coisas não? Será que você está com estrutura suficiente para aguentar???

O que você sente pelo teu companheiro(a) pode tornar-se um pequeno problema, se pensar nas consequências da separação.

O primeiro lance que incide na tua decisão é você avaliar o seguinte:

Se eu me separar a minha vida vai melhorar muito? Ficar sozinha (o), não é nada bom. Não me refiro a ter outro homem, ou outra mulher, mas, a ruptura com os filhos, por exemplo, de que lado eles estarão?

Meu amigo, minha amiga se teu companheiro(a) não consegue perceber a tua insatisfação, não seria porque você ainda não deixou bem claro o teu descontentamento? Ou...

Será que este descontentamento não é com você? Muitas vezes, se está cansado (a) da própria mesmice. Apenas você e ela. Talvez por isto a solidão, o descontentamento. Talvez o problema esteja em você não no companheiro! Pense nisso e se necessário busque ajuda.

Uma separação prematura é, sem dúvida, fonte de muito arrependimento!!!

Antes de ir direto ao tema separação, recomendo que deixe inteiramente manifesto o teu descontentamento.

Sabe, costumo dizer às pessoas casadas, principalmente àquelas cuja obrigação é a de permanecer em casa cuidando dos filhos “Busque pensar num projeto para a tua vida, para além dos filhos e do casamento”.  Pois isto ajudará você a se edificar.

Muitas vezes é preciso mudar tua vida. Caso não modifique, permanecerá padecendo. No entanto, nosso psiquismo nos ilude com a expectativa: “o amanhã será melhor”.

Hoje é o melhor dia para mudar!!!!

Reflita!!!

Se você não fizer algo diferente, coisa nenhuma de diferente ocorrerá. 
Aproveite a crise para mudar!

Após você me diz o que aconteceu. OK?

Querido leitor, querida leitora, quero deixar claro que cada caso é um caso, o texto acima não serve para:
  • Casamentos conturbados, pois, um casamento que sempre foi conturbado não chegou a ser um “casamento”;
  • Casamentos com violência; dentre outros.
Cada caso é um caso!!!

Joselaine Garcia
Psicóloga - CRP 07/18433


QUE TAL MARCAR UMA CONSULTA!!!!
ESTOU ESPERANDO POR VC!!!

LIGUE: (55) 9167-7928