segunda-feira, 18 de agosto de 2014

DEPRESSÃO É UMA DAS GRANDES DOENÇAS DE NOSSO TEMPO!

DEPRESSÃO MATA!!!! A depressão pode levar a casos extremos como o suicídio. A doença está associada à morte de cerca de 850.000 pessoas por ano, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). 

No contexto clínico, o termo depressão não se refere somente a um humor deprimido, mas sim a um complexo sindrômico caracterizado por alterações de humor, de psicomotricidade e por uma variedade de distúrbios somáticos e neurovegetativos (Assumpção-Junior, 1998).
Cabe salientar que uma doença depressiva não é um desânimo ou um "baixo astral" passageiro. Também não é sinal de fraqueza ou uma condição que possa ser superada apenas pela vontade ou com esforço. A depressão é uma doença reversível, se tratada adequadamente.
. 
SINTOMAS
A depressão varia de pessoa para pessoa, mas há alguns sinais e sintomas que são comuns.

Sinais e sintomas comuns da depressão:

1) Estado deprimido: sentir-se deprimido a maior parte do tempo, quase todos os dias;
2) Anedônia: interesse ou prazer diminuído para realizar a maioria das atividades;
3) Alteração de peso: perda ou ganho de peso não intencional;
4) Distúrbio de sono: insônia ou hipersônia praticamente diárias;
5) Problemas psicomotores: agitação ou apatia psicomotora, quase todos os dias;
6) Falta de energia: Sente-se cansado, lento, e fisicamente esgotado. Todo o seu corpo pode sentir-se pesado e até mesmo pequenas tarefas são difíceis de realizar ou a demorar mais tempo para serem concluídas.
7) Auto-aversão: Culpa excessiva, ou seja, sentimento permanente de culpa e inutilidade;
8) Dificuldade de concentração: Dificuldade para se concentrar, tomar decisões, ou lembrar as coisas.
9) Idéias suicidas: pensamentos recorrentes de suicídio ou morte.
10) Irritabilidade ou inquietação: Sente-se agitado, e inquieto. O seu nível de tolerância à frustração é baixo, qualquer coisa lhe incomoda.
11) Dores inexplicáveis: Um aumento do número de queixas físicas, como dores de cabeça, dores nas costas, dores musculares e dor de estômago.

CAUSAS
A depressão é uma condição muito pessoal que é acarretada por uma variedade de razões, ou seja, as causas da depressão são múltiplas, de maneira que somadas podem iniciar a doença. Dentre as múltiplas causas podemos citar:

ü  Problemas de relacionamento ou conjugal
ü  Recentes experiências de vida stressantes
ü  História familiar de depressão
ü  Solidão
ü  Falta de apoio social
ü  Uso de álcool ou drogas
ü  Tensão financeira
ü  Trauma ou abuso de infância
ü  Situação de desemprego ou o subemprego
ü  Problemas de saúde ou de dor crônica

TRATAMENTO
O tipo de tratamento depende da avaliação diagnóstica de cada paciente, do tipo de depressão.

Pode haver depressões leves, com poucos aspectos dos problemas mostrados anteriormente e com pouco prejuízo sobre as atividades da vida diária. Nesses casos, o acompanhamento médico é fundamental, mas o tratamento pode ser apenas psicoterápico.

Pode haver também casos de depressões bem mais graves, com maior prejuízo sobre o dia-a-dia do sujeito, podendo ocorrer também sintomas psicóticos (como delírios e alucinações) bem como ideação ou tentativas de suicídio. Nesse caso, o tratamento medicamentoso se faz obrigatório, assim como o acompanhamento psicoterápico.

Importante salientar que o tratamento não pode ser reduzido apenas à medicação, pois a depressão é causada por uma combinação de fatores biológicos, psicológicos, sociais e ambientais, portanto a PSICOTERAPIA É FUNDAMENTAL.

O desespero e a desesperança que se manifesta junto com a depressão pode levar a pensamentos  sobre o suicídio, a pessoa sente que colocar término à vida é  a única forma de escapar à dor.

Pensamentos de morte ou suicídio é um sintoma grave de depressão, assim sendo qualquer conversa ou comportamento que dê sinal dessa possibilidade deverá ser levado a sério, pois muitas vezes a pessoa sente que colocar término à vida é  a única forma de escapar à dor.

Os sinais de alerta para o suicídio incluem:
·         Expressar sentimentos fortes de desespero ou de se sentir encurralado
·         Falar em morrer ou prejudicar-se a si mesmo
·         Querer telefonar ou visitar algumas pessoas para dizer adeus
·         Uma preocupação incomum com a morte ou em morrer
·         Comportar-se de forma imprudente, como se tivesse um desejo de morte (por exemplo, excesso de velocidade , passar no sinal vermelho)
·         Verbalizar frases como “todos ficariam melhor sem mim” ou “qualquer dia acabo com isto tudo.”

Infelizmente, ainda há muito preconceito por parte dos outros e até do próprio paciente em lidar com o diagnóstico da depressão.  A depressão ainda é vista como fraqueza, frescura, sinal de preguiça, comodismo bem como o  psiquiatra e o psicólogo ainda são classificados para loucos, por isso muitos atingidos optam por calar a doença, temendo que a sociedade não saiba como lidar com seu estado.


LEMBRE-SE DEPRESSÃO É DOENÇA E MATA! PROCURE AJUDA!!

JOSELAINE GARCIA
Psicóloga e Hipnóloga
CRP 07/18433 e SIAHC 1488
Pós Graduada em Docência Universitária
Hipnóloga credenciada ao Instituto Brasileiro de Hipnologia e
Membro da Sociedade Ibero-Americana de Hipnose Condicionativa
Consultório Psicológico em Cruz Alta - RS

_______________________

Prêmios recebidos em 2013
* Psicóloga Destaque Mercosul, Prêmio Master Mercosul 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2013, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2013, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas

Prêmios recebidos em 2012
Psicóloga Destaque Nacional, Prêmio Master Nacional Integrado 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Consultório de Psicologia destaque na Região Sul do Brasil(RS, PR, SC), Prêmio Master Sul Brasil 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Consultório de Psicologia destaque Estadual, Prêmio Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
Psicóloga Destaque Estadual 2012, Troféu Master Estadual 2012, conforme pesquisa da Empresa Master Pesquisas.
* Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da Empresa Exclusiva Pesquisas.
Psicóloga Destaque Municipal 2012, no município de Cruz Alta/RS, Conforme pesquisa da empresa Ouro Pesquisa e Publicidade.

Prêmios recebidos em 2011
Psicóloga Destaque Municipal 2011, no município de Cruz Alta/RS, conforme pesquisa da Empresa Sul Pesquisas.